x
  • Olá, o que deseja buscar?

Cursos que temos a oferecer

PROJETO TRE/PARÁ

Professor

Equipe do Sou Concurseiro e Vou Passar

Carga horária

Curso Gratuito

Duração

200 dia(s)

Objetivo

Concurso TRE PA: IBFC é a banca oficial! Edital iminente!

Novo concurso TRE PA ofertará vagas de níveis médio e superior! Iniciais de até R$ 12,4 mil!

Atenção, concurseiros! A banca organizadora do próximo concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Pará foi oficializada. O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) foi a empresa que apresentou a melhor proposta e será a organizadora do concurso TRE PA, conforme assinatura do contrato divulgada em uma rede social do órgão, no dia 30 de outubro de 2019.

Além da remuneração (composta pelo vencimento e gratificação) e auxílio alimentação acima informados, os ocupantes dos cargos efetivos do Poder Judiciário Federal podem fazer jus a outros benefícios como auxílio-transporte, auxílio pré-escolar e programa de assistência à saúde, bem como adicionais de qualificação decorrentes da formação e capacitação, de acordo com os requisitos e na forma prevista em normativos internos

As inscrições para o concurso público deverão ser abertas pelo período mínimo de 30 (trinta) dias e realizadas de forma online, no sítio eletrônico da contratada, disponível 24 (vinte e quatro) horas, ininterruptamente, durante todo o período de inscrição. Os valores das taxas de inscrição deverão ser depositados em conta específica do Tesouro Nacional, no Banco do Brasil S.A., mediante recolhimento por meio da GRU (Guia de Recolhimento da União).

Não haverá isenção total ou parcial do valor da taxa de inscrição, exceto para os candidatos amparados pela Lei 13.656/2018.

Em relação às etapas de prova, veja todos os detalhes abaixo por cargo:

Analista Judiciário – Área Judiciária (sem especialidade)

Conhecimentos Gerais – 40 questões
Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa; noções de informática; normas aplicáveis aos servidores
públicos federais; regimento interno do Tribunal.

Conhecimentos Específicos – 40 questões
Direito Constitucional, Direito Eleitoral, Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal, Direito Processual Penal e noções de Administração Pública.

Prova Discursiva
Redação sobre tema de conhecimentos específicos.

Duração da prova: 4 horas.

Analista Judiciário – Área Administrativa (sem especialidade)

Conhecimentos Gerais
Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa; noções de informática; normas aplicáveis aos servidores públicos federais; regimento interno do Tribunal.

Conhecimentos Específicos
Direito Constitucional, Direito Eleitoral, Direito Administrativo, Administração Pública, Administração Financeira e Orçamentária, noções de Direito Civil, de Direito Processual Civil,de Direito Penal e de Direito, Processual Penal.

Prova Discursiva
Redação sobre tema de conhecimentos específicos.

Duração da prova: 4 horas.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade em Medicina (Psiquiatria)

Conhecimentos Gerais
Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa; noções de informática; normas aplicáveis aos servidores públicos federais; regimento interno do Tribunal.

Conhecimentos Específicos
Ética médica e bioética. Conhecimentos clínicos e conduta médico-pericial. Perícia psiquiátrica. Psiquiatria Geral. Psicoterapias. Emergências psiquiátricas. Intervenção hospitalar. Trabalho com equipes multidisciplinares. Diagnóstico diferencial em psiquiatria. Psiquiatria Forense.

Prova Discursiva
Redação sobre tema de conhecimentos específicos.

Duração da prova: 4 horas.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade em Análise de Sistemas

Conhecimentos Gerais
Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa; normas aplicáveis aos servidores públicos federais; regimento interno do Tribunal.

Conhecimentos Específicos
Infraestrutura e conectividade. Desenvolvimento de Sistemas. Banco de dados. Segurança de informação. Gestão e governança de TIC. Noções de Direito Constitucional; Noções de Direito Administrativo; Noções de Administração Pública; Inglês técnico.

Prova Discursiva
Redação sobre tema de conhecimentos específicos.

Duração da prova: 4 horas.

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Sem Especialidade

Conhecimentos Gerais
Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa; noções de informática; normas aplicáveis aos servidores públicos federais; regimento interno do Tribunal; noções de arquivologia.

Conhecimentos Específicos
Noções de Direito Administrativo, de Direito Constitucional, de Direito Eleitoral, de Administração Pública e de Administração Financeira e Orçamentária.

Duração da prova: 3 horas.

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Operação de Computadores

Conhecimentos Gerais
Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa; normas aplicáveis aos servidores públicos federais; regimento interno do Tribunal.

Conhecimentos Específicos
Fundamentos da Computação, Sistemas Operacionais, Aplicativos, Noções de redes de computadores. Inglês técnico.

Duração da prova: 3 horas.

Critérios de avaliação

Serão eliminados do concurso os candidatos que:

  • não tenham acertado, no mínimo, 60% (sessenta por cento) das questões da prova de conhecimentos gerais;
  • não tenham acertado, no mínimo, 60% (sessenta por cento) das questões da prova de conhecimentos específicos.

A nota das provas objetivas no concurso corresponderá à média aritmética ponderada das notas obtidas em cada prova, na escala de 0 (zero) a 10 (dez), atribuindo-se:

  • peso 1 (um) à nota da prova de conhecimentos básicos;
  • peso 3 (três) à nota da prova de conhecimentos específicos.

Observada a reserva de vagas para os candidatos negros e com deficiência, e respeitados os empates na última colocação, serão considerados aprovados no concurso público os candidatos, classificados no cargo de Técnico Judiciário conforme a seguir:

  • Para o cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa (sem especialidade): classificados até a 200ª colocação.
  • Para os demais cargos de Técnico Judiciário: até a 50ª colocação.

Observada a reserva de vagas para candidatos negros e com deficiência, e respeitados os empates na última colocação, serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos aos cargos de Analista Judiciário classificados, conforme a seguir:

  • Para os cargos de Analista Judiciário – Área Judiciária (sem especialidade): até a 200ª colocação;
  • Para os demais cargos de Analista Judiciário: até a 50ª colocação.

Deverão ser corrigidas todas as provas discursivas dos candidatos com deficiência que forem classificados nas provas objetivas.

BANCA DEFINIDA

Foi publicada a dispensa de licitação que revela o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) como vencedor e habilitado para ser a banca organizadora do próximo concurso público.

Participe do nosso curso gratuito e receba materiais exclusivos.


Disciplina Descrição Professor Aulas
Nenhuma disciplina cadastrada

Investimento

R$ 0,00


Adicionar ao carrinho